Posts Tagged ‘deputada federal’

Exclusivo: Maria Quitéria sai do PSB e assume que é pré-candidata a deputada federal

segunda-feira, abril 9th, 2018

Voo mais alto. A ex-prefeita da Cidade de Cardeal da Silva, Maria Quitéria falou com exclusividade ao apresentador Adelson Carvalho, neta segunda-feira, dia 9/4, na Rádio Sociedade da Bahia, que deixou o PSB presidido pela senadora Lídice da Mata e ingressou no Avante, partido presidido pelo deputado estadual e também pré-candidato a deputado federal, pastor sargento Isidório. “Conversei com a senadora Lídice, e ouvi dela palavras de incentivo. Quero ver você com mandado, não importa o partido. Você tem esse direito”. disse a atual presidente da Fundação Luís Eduardo Magalhães.

Quitéria acredita que vai precisar de 45 a 50 mil votos para chegar à Câmara Federal. Ela acredita muito no potencial de “puxador” de votos do pastor sargento Isidório.

 

 

 

 

Foto: Hora do bico

AGU recorre de decisão que suspende posse de ministra do trabalho

terça-feira, janeiro 9th, 2018

A Advocacia-Geral da União (AGU) já entrou com o recurso contra a suspensão da posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho. Na segunda-feira, dia 8/11, o juiz Leonardo da Costa Couceiro, titular em exercício da 4ª Vara Federal de Niterói, no Rio de Janeiro, concedeu liminar suspendendo a eficácia do decreto que nomeou a deputada. A decisão impede a posse de Cristiane, que estava prevista para esta terça-feira, dia 9/1, em cerimônia no Palácio do Planalto.

O recurso foi protocolado junto no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), com sede no Rio de Janeiro.

A liminar foi concedida em resposta a uma ação popular do Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes. A entidade diz que a nomeação de Cristiane Brasil “ofende a moralidade administrativa”, porque, além de não reunir em seu currículo características apropriadas à função, a deputada tem contra si “fatos desabonadores já replicados nas grandes mídias, como condenação ao pagamento de dívida trabalhista”.

Segundo o movimento dos advogados, a deputada “praticou pessoalmente graves violações das leis trabalhistas, flagradas e comprovadas em, pelo menos, duas demandas judiciais”.

Depois que seu nome foi anunciado como ministra do Trabalho, surgiram denúncias de que Cristiane temi dívidas trabalhistas com ex-funcionários. O advogado Carlos Alberto Patrício de Souza Filho, que representa Leonardo Eugênio, um dos ex-funcionários da deputada, disse que, depois de acordo na Justiça, a parlamentar pagou nove das dez parcelas de R$ 1,4 mil ao seu ex-funcionário. A décima será quitada em fevereiro. Leonardo reclamou na Justiça a falta de assinatura na Carteira de Trabalho e a ausência de depósitos de contribuição previdenciária e de FGTS.

Com base nos argumentos, o juiz decidiu, preliminarmente, que conceder a liminar sem ouvir os réus se justifica “diante da gravidade dos fatos sob análise”. Ele destacou ter verificado “fragrante desrespeito à Constituição Federal no que se refere à moralidade administrativa”, quando se pretende nomear para o cargo de ministro do Trabalho “pessoa que já teria sido condenada em reclamações trabalhistas”.

Formada em Direito, a carioca Cristiane Brasil Francisco ingressou na carreira política em 2003 e exerceu três mandatos de vereadora da cidade do Rio de Janeiro. Em 2014, foi eleita deputada federal pelo estado. Fonte: Agência Brasil

 

 

Foto: Reprodução

Alice Portugal é oficializada candidata do PC do B à prefeitura de Salvador

domingo, julho 31st, 2016

13686762_897394890366341_2216139795068153233_n

Pra valer. Na manhã deste domingo, dia 31/07, na convenção realizada pelo PCdoB, os filiados aprovaram a resolução política proposta pela direção municipal, que indicava o nome da deputada Alice Portugal para concorrer à Prefeitura de Salvador no próximo pleito e a lista de candidatos à Câmara Municipal. A resolução foi apresentada pelo secretário municipal de Organização, Jurandir Santana Júnior.

Para ele, foi com muito sacrifício que o Partido Comunista do Brasil construiu essa candidatura, na convicção de que é possível fazer uma cidade onde não haja explorados e exploradores. “Vamos apresentar como opção para Salvador uma mulher como Alice, oriunda das lutas do povo, formada na UFBA. Não temos uma tarefa fácil – disputar a prefeitura de Salvador. Mas, é possível. Nos preparamos para ter, enfim, candidatura própria”, afirmou Jurandir.

A presidente Municipal do PCdoB, Olívia Santana, lembrou que, desde 2015 o partido está construindo esse projeto e a todo tempo era argumentado se dessa vez seria para valer. “Acharam que íamos retirar na reta final, que não íamos levar adiante, porque somos sempre mero aliados. Mas, enfrentamos, não validamos os questionamentos. Dialogamos, construímos para dentre e para fora”. Ascom

 

Foto: Divulgação

Alice Portugal ironiza ausência de ACM Neto em evento de Rui Costa

terça-feira, setembro 8th, 2015

Xi…A deputada federal Alice Portugal (PCdoB) questionou a ausência do prefeito ACM Neto (DEM), na inauguração de obras de encosta na rua 8 de dezembro, em São Cristóvão, na manhã desta terça, dia 8. “Ele deveria estar aqui para fazer as obras complementares,  se comprometer a fazer as escadarias, as obras que margeiam o local que recebeu a contenção”, disse para um site local.

Para ela, o prefeito não pode apenas se preocupar em colocar ‘tijolos” na Barra ou no Rio Vermelho. “A preocupação social tem que ser maior”, disparou.

Foto: Reprodução

Suspense: Moema pode ser candidata a prefeita de Lauro de Freitas

quinta-feira, janeiro 15th, 2015
Moema Gramacho não descarta candidatura à prefeitura de Lauro de Freitas

Será? Primeira deputada federal eleita pelo PT da Bahia, Moema Gramacho não descarta uma candidatura à prefeitura de Lauro de Freitas – seu reduto eleitoral – em 2016. Em entrevista ao Bahia Notícias, na noite desta quarta-feira, dia 14, durante o jantar de apresentação da campanha do também petista Arlindo Chinaglia para a presidência da Câmara dos Deputados, a petista falou dos planos para a próxima eleição. “Política é uma coisa muito dinâmica e não devemos descartar nada, não é? Mas cada coisa no seu tempo”, ponderou, ao falar sobre a cidade que ela já comandou. No Congresso, Moema quer aproximar os movimentos sociais do governo da presidente Dilma Rousseff. “Vou continuar atuando e sendo a interlocução dos movimentos sociais com o governo”, afirmou.
Foto e fonte: Bahia Notícias

Deputada toma posse na Câmara e entra de férias

terça-feira, dezembro 23rd, 2014

A farra. Com um plenário vazio, a Câmara dos Deputados empossou nesta segunda-feira, dia 22, uma deputada federal no último dia de trabalho antes do início do recesso parlamentar. A nova deputada pelo PV, é a administradora de empresas Rosy de Sousa (PV-RN). Ela será deputada por 41 dias, com direito a receber no período cerca de R$ 35 mil em salários, além de verba para nomeação de assessores para o gabinete, auxílio-moradia e recursos para despesas com passagens, telefone, consultoria, transporte e auxílio alimentação.

Oficialmente, o Congresso realiza hoje sua última sessão legislativa, mesmo sem ter aprovado até o momento o Orçamento de 2015, uma das exigências para os parlamentares entrarem em férias. A Casa Legislativa só retorna aos trabalhos em fevereiro, já com a nova composição da Câmara e de parte do Senado.

A nova deputada assumiu a cadeira aberta pelo seu colega de partido Paulo Vagner, aposentado por invalidez com salário integral de 26.723,13 até morrer. No rápido discurso de posse, Rosy de Sousa destacou a coincidência de assumir o mandato exatamente 16 anos depois que seu pai, Carlos Alberto, morreu sem completar o mandato de deputado federal.

A parlamentar – que não concorreu a cargo eletivo em outubro – afirmou que pretende aproveitar sua passagem pela Câmara para fazer pedidos em defesa de portadores de necessidades especiais. Ela disse que quer apresentar sugestões de projetos nessa área para serem encampados por colegas do partido na próxima legislatura.

Rosy de Sousa, contudo, terá uma atuação limitada. Pelas normas do Congresso, durante o recesso funciona apenas uma comissão representativa formada por deputados e senadores. Esse colegiado se reúne eventualmente para analisar, entre outros pedidos, projetos que prorrogam a vigência de determinadas leis.

A deputada negou se sentir constrangida por assumir o mandato na véspera do recesso. “De mãos atadas estou, mas constrangida não”, afirmou.

 

Foto: Divulgação