Posts Tagged ‘COBRANÇA’

Violência no Rio: Correios cobraram taxa extra de R$ 3,00

quarta-feira, fevereiro 28th, 2018

Os Correios estabeleceram uma taxa extra de R$ 3 para cada envio destinado ao Rio de Janeiro, por conta da violência na cidade. Segundo a empresa, “a situação de violência chegou a níveis extremos e o custo para entrega de mercadorias nessa localidade sofreu altíssimo impacto”, diz a nota.

Ainda de acordo com os Correios, a cobrança extra se faz necessária em razão da adoção de medidas para garantir a integridade dos empregados, das encomendas e das unidades dos Correios.

“A cobrança poderá ser suspensa a qualquer momento, desde que a situação de violência seja controlada. Vale esclarecer que essa cobrança já é praticada por outras transportadoras brasileiras desde março de 2017”, informa a nota da empresa. Agência Brasil

 

 

 

Foto: Reprodução

Trindade cobra Plano de Encostas da prefeitura

sábado, junho 18th, 2016

Jose_Trindade.ft_Reginaldo_Ipe_2016121151859940334

Cobrança. Diante dos alagamentos, deslizamentos e desabamentos que ocorreram na quarta-feira, dia 15/6, em Salvador, o vereador José Trindade (PSL) voltou a cobrar ao prefeito ACM Neto o Plano Diretor de Encostas e serviços de manutenção. “Não podemos continuar com uma cidade de papel, chega de negligência. Onde está o Plano Diretor de Encostas? Até hoje esperamos”, disparou Trindade.

Na opinião do vereador, o prefeito vive fazendo festas e calçadões por saber que o governador Rui Costa não deixará jamais de atender à população por rivalidade política. “ACM Neto confia na competência e integridade do governador”, afirmou o vereador ao lembrar que no ano passado, Rui Costa deu suporte a ACM Neto para resolver problemas municipais gerados com a incidência das chuvas.

“Se não fosse a agilidade de Rui Costa na execução das obras de encostas, Salvador teria ocorrências muito mais graves, como no ano passado quando morreram 22 pessoas em áreas de risco geológico”, destacou Trindade.

Para o vereador, as ocorrências mostram que faltam serviços de manutenção em Salvador. “Alagamentos, deslizamentos e desabamentos evidenciam claramente que a prefeitura não faz serviços de macro e microdrenagem dos canais, não limpa as caixas de sarjetas”, constatou, acrescentando que a prefeitura “não fiscaliza a situação dos imóveis particulares porque não tem programas sociais”. Informações site CMS

 

Foto: Divulgação/CMS/Reginaldo Ipê