Posts Tagged ‘CIRURGIA BOLSONARO’

Bolsonaro passa bem, informam assessores

domingo, fevereiro 3rd, 2019

O presidente da República, Jair Bolsonaro, apresentou um quadro de normalidade na manhã desse domingo, dia 3/2. Segundo assessores da Presidência, o presidente dormiu bem e passou por uma primeira avaliação médica no início do dia. Ele estava repousando por volta das 10h.

Não houve alteração na previsão de alta de Bolsonaro, que deverá ocorrer na quarta ou quinta-feira. Segundo os assessores, ele continua usando uma sonda nasogástrica para retirada de excesso de líquido do estômago.

Na tarde de sábado, dia 2/2, o presidente passou mal e apresentou quadro de náusea e vômito, segundo boletim médico, e quando foi colocada a sonda. Apesar da indisposição, ele não teve febre e dor. Acompanham Bolsonaro a esposa Michelle Bolsonaro e o filho Carlos Bolsonaro.

Carlos Bolsonaro postou mensagem no Twitter sobre o estado de saúde do pai. “Hoje meu pai acordou bem e animado! Agradeço aos médicos, enfermeiros fisioterapeutas e todos os envolvidos em sua melhora! Pela manhã só notícias boas! Muito obrigado a todos pelas orações e carinho! Um forte abraço a todos e até mais tarde!”, disse.

À tarde, haverá uma segunda avaliação médica e a divulgação de um boletim pelo Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista, onde está internado.

 

Foto: Reprodução/Twitter/Bolsonaro

Bolsonaro reassume presidência após cirurgia

quarta-feira, janeiro 30th, 2019

O presidente Jair Bolsonaro deve voltar às atividades nesta quarta-feira 30/1,  de manhã, segundo previsão do porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros. Ele vai despachar no gabinete montado no próprio hospital. Por 48 horas, o vice-presidente Hamilton Mourão assumiu o exercício da Presidência da República.

De acordo com Rêgo Barros, ao lado do quarto onde o presidente estará em recuperação o Gabinete de Segurança Institucional organizou um espaço, com equipamentos e estrutura técnica, que permitirá a Bolsonaro orientar seus ministros e conceder audiências.

Há dois dias, Bolsonaro passou por sete horas de cirurgia para reconstrução do trânsito intestinal e retirada da bolsa de colostomia, que ele usava desde setembro quando foi atacado com uma facada durante ato político em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Na terça-feira 29/1, segundo o porta-voz, o presidente teve evolução clínica positiva: sentou-se em uma poltrona e fez fisioterapia motora e respiratória. Ele se manteve estável durante o dia, sem sangramentos e qualquer complicação. O presidente permanece em jejum oral, recebendo analgésicos e hidratação endovenosa.

As visitas estão limitadas à família. Permanecem no hospital a primeira-dama Michele e o filho Carlos Bolsonaro. O general Augusto Heleno, que acompanhava o presidente, já foi embora.

 

 

 

Foto/Fonte: Agência Brasil

Bolsonaro deve ter alta médica em dez dias

terça-feira, janeiro 29th, 2019

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, disse na segunda-feira 28/1, que o presidente Jair Bolsonaro deverá ter alta médica em dez dias. Ele confirmou que Bolsonaro ficará em descanso total por 48 horas, retornando às atividades na quarta-feira (30) por volta das 10h. Neste período, o vice-presidente, general Hamilton Mourão, exercerá a Presidência da República.

Rêgo Barros disse que a cirurgia para reconstrução do trânsito intestinal ocorreu com “êxito” e que está “otimista” com a recuperação. Segundo ele, acompanham o presidente os filhos Carlos, Eduardo e Renan, além da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Após sete horas de cirurgia, o presidente foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e se encontra “clinicamente estável, consciente, sem dor, recebendo medidas de suporte clínico, prevenção de infecção e de trombose venosa profunda”.

A cirurgia de reconstrução do trânsito intestinal, a que foi submetido o presidente, segundo o porta-voz, não teve intercorrências nem necessidade de transfusão de sangue.

No procedimento foi feita a reconstrução do trânsito intestinal e extensa lise de aderências decorrentes das duas cirurgias anteriores, conforme o boletim. “Foi realizada anastomose do íleo com o cólon transverso, que é a união do intestino delgado com o intestino grosso”, detalhou o hospital.

 

 

 

Foto: Reprodução

*Agência Brasil

Após 7 horas de cirurgia, médicos retiram bolsa de colostomia de Bolsonaro

segunda-feira, janeiro 28th, 2019

A cirurgia de retirada da bolsa de colostomia e reconstrução do trânsito intestinal do presidente Jair Bolsonaro terminou por volta das 3:30 da tarde, com êxito, no Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista. A informação foi dada pela assessoria de imprensa da Presidência da República.

Um boletim médico sobre o procedimento cirúrgico será divulgado tão logo seja autorizado pela equipe médica. Às 5 da tarde, aconteceu coletiva à imprensa com o porta-voz da Presidência da República, general Rêgo Barros, no Hospital Albert Einstein. Bolsonaro deu entrada domingo, dia 27/1, no hospital e a cirurgia começou logo de manhã.

Ataque

No dia 6 de setembro do ano  passado, ao participar de um ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais, o então candidato à Presidência da República foi esfaqueado por Adélio Bispo de Oliveira. Com lesões nos intestinos delgado e grosso, Bolsonaro foi operado na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora e passou a usar uma bolsa de colostomia temporária. Transferido para São Paulo, ele foi novamente operado no dia 12 de setembro no Hospital Albert Einstein e ficou internado atéo dia  29, quando recebeu alta.

Passadas 48 horas da cirurgia, Bolsonaro voltará ao trabalho, ainda no hospital, onde deve ficar 10 dias em recuperação. O hospital organizou um espaço para o presidente despachar. Fonte: Agência Brasil

 

 

Foto: Ilustrativa

Com cirurgia de Bolsonaro, Mourão assume Presidência da República por 48h

domingo, janeiro 27th, 2019

Outra vez. O vice-presidente, Hamilton Mourão, assume na segunda-feira, dia 28/1, o exercício da Presidência da República por 48 horas, período de cirurgia do presidente Jair Bolsonaro (PSL), retirada da bolsa de colostomia. A informação foi confirmada pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros.

Bolsonaro será submetido a uma cirurgia de retirada da bolsa de colostomia, que usa desde setembro de 2018 depois de ser esfaqueado em ato de campanha, na Cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Será a terceira cirurgia do presidente em quatro meses por conta do atentado.

O porta-voz informou que Mourão exercerá a Presidência no período da cirurgia e por 48 horas após o procedimento. O governo federal optou por seguir a orientação médica e ampliar o período.

Mourão deve comandar na terça-feira, dia 29/1, a reunião ministerial, que Bolsonaro passou a realizar uma vez por semana, no Palácio do Planalto.

 

 

Foto: Divulgação

Bolsonaro é internado para retirar bolsa de colostomia

domingo, janeiro 27th, 2019

O hospital Albert Einstein divulgou primeiro boletim médico confirmando a entrada do presidente Jair Bolsonaro na unidade. Segundo o hospital, nas ele vai passar por exames e avaliação pré-operatória realizada por equipe multidisciplinar.

Bolsonaro tem cirurgia marcada para amanhã (28) pela manhã para a retirada da bolsa de colostomia. Ele usa a bolsa desde setembro do ano passado, quando levou uma facada durante um evento de campanha em Juiz de Fora (MG), no dia 6 de setembro.

A facada atingiu o intestino e o então candidato foi submetido a duas cirurgias, uma na Santa Casa de Juiz de Fora e outra no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A bolsa de colostomia utilizada por ele por cerca de quatro meses funciona como um intestino externo e possibilita a recuperação do intestino grosso e delgado.

Bolsonaro chegou ao hospital pela manhã acompanhado de sua esposa Michelle Bolsonaro, General Heleno, Eduardo Bolsonaro, o chefe do gabinete, além de uma equipe de saúde e uma equipe de segurança. Fonte: Agência Brasil

 

 

Foto: Divulgação

Nova cirurgia pode ser feita em 20 de janeiro, diz presidente Bolsonaro

domingo, novembro 25th, 2018

Nova cirurgia. Jair Bolsonaro, presidente eleito do Brasil, disse no sábado, dia 24/11, que uma nova avaliação médica marcada para o dia 19 de janeiro. Conforme o político, se a infecção detectada no intestino estiver totalmente curada, a operação para retirada da bolsa de colostomia deve ser feita no dia seguinte (20 de janeiro). “Caso contrário, se o grave caso de infecção permanecer ainda, o prazo será novamente adiado”, disse.

A cirurgia do presidente eleito estava marcada inicialmente para o dia 12 de dezembro, mas foi adiada após uma série de exames feita na sexta-feira, dia 23/11, por médicos do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

 

Foto: Reprodução